São Jorge

  • PCP Açores reuniu com o Núcleo Empresarial de São Jorge da CCAH e com a Associação de Jovens Agricultores de São Jorge

    Fotografia 1

    No dia 22 de julho, uma delegação do PCP Açores reuniu com o núcleo de São Jorge da Câmara do Comércio de Angra do Heroísmo e com a Associação de Jovens Agricultores de São Jorge com o objetivo de ouvir os seus representantes e conhecer as suas realizações e carências, de modo a aprofundar, por esta via, o conhecimento dos problemas da ilha e das expectativas que os jorgenses têm, procurando assim dar-lhes voz. Também foi apresentado o conjunto de propostas que o PCP tem para as diversas áreas, na certeza de que as mesmas vão ao encontro das necessidades e preocupações da população daquela ilha.

  • Visita a São Jorge do coordenador do PCP Açores

    pescadores

    O coordenador do PCP Açores, Marco Varela, deslocou-se nos dias 9 e 10 de junho à ilha de São Jorge para aprofundar o conhecimento dos problemas da ilha e das expectativas que os jorgenses têm, para lhes poder dar voz e apresentar o conjunto de propostas que o PCP tem para as diversas áreas, estando certos de que as mesmas vão ao encontro das necessidades e preocupações da população da ilha.

  • Primeira candidata da CDU pelo círculo eleitoral dos Açores às legislativas de 2022 esteve na ilha de São Jorge

    são jorge2No dia 21 de Janeiro, Judite Barros, a primeira candidata da CDU pelo círculo eleitoral dos Açores às legislativas de 2022, esteve na ilha de São Jorge. Conjuntamente com a candidata por esta ilha, Noélia Teixeira, empreendeu várias ações de campanha, que também tiveram importância estratégica para o conhecimento das problemáticas específicas de São Jorge, par além daquelas que são transversais ao território nacional.

    No início da tarde teve lugar um encontro com os correspondentes da RTP-A, em que a candidata apresentou as razões pelas quais considerou crucial a sua presença em São Jorge: o desenvolvimento económico com pouca projeção, devido ao facto de se apostar pouco na produção e promoção local, e nas vantagens de se consumir local. A candidata considerou inconcebível continuarmos a depender da importação de muitos produtos de baixa qualidade, quando produzimos com qualidade e excelência, como demonstram o famoso queijo de São Jorge e as conservas da Conserveira Santa Catarina. Judite Barros reforçou a necessidade de haver mais investimento na produção local e promoção dos produtos regionais, acentuando o imperativo de valorizar os trabalhadores destes sectores, dignificando e motivando-os também através de um reconhecimento salarial. O investimento na dignificação destes trabalhadores das indústrias (algumas artesanais) regionais seria um forte incremento à fixação de jovens e ao desenvolvimento económico e social da ilha de São Jorge e de todas as ilhas dos Açores.

  • Coordenador do PCP/Açores reuniu com a administração de Santa Catarina

    sta catarina

    Atualmente o sector conserveiro açoriano é representado por 4 empresas: Cofaco Açores (São Miguel), Corretora (São Miguel) e Pescatum (Terceira), pertencentes à esfera privada, e pela Santa Catarina, empresa pública sediada em São Jorge. O PCP/ Açores sempre acompanhou com proximidade as decisões governativas e cada vez mais é justificável a nossa preocupação com a situação deste setor - em particular com a Fábrica de conservas Santa Catarina. Assim, no passado dia 24 de novembro, o coordenador do PCP Açores reuniu com a administração da Santa Catarina - Indústria Conserveira, S.A.

  • Sessão de apresentação dos candidatos da CDU/São Jorge às Autárquicas 2021

    IMG 1867
    A CDU/São Jorge realizou a apresentação pública, no passado Sábado dia 16 de Agosto, da lista de candidatos à Assembleia Municipal das Velas, Calheta e à Assembleia de Freguesia de Rosais, na casa do Povo da Urzelina.
    Contando com as intervenções do Mandatário José Guilherme Machado, dos primeiros candidatos à Assembleia Municipal da Calheta e Velas, Pedro Pessanha e António Machado, respetivamente e ainda do primeiro candidato à Assembleia de Freguesia de Rosais, Alexandre Jorge.
     
    A CDU apresentou os seus candidatos, afirmando que é possível uma outra política autárquica, que combata realmente e com eficácia os problemas que se vivem um pouco por toda a região - a Saúde, a Ação Social e mesmo a Sustentabilidade futura dos diversos setores fundamentais para a Ilha de São Jorge.
     
    Nas suas intervenções, os primeiros candidatos da CDU, Pedro Pessanha, António Machado e Alexandre Jorge - criticaram a forma como tem sido exercido o poder local nos Concelhos da Calheta e das Velas, salientando que são necessárias soluções que deem resposta às situações mais graves e que permitam projetar um outro futuro para o concelho e para a ilha, dando espaço para a pluralidade de opiniões, sem medos, que permitam novas ideias e criar novas dinâmicas com a participação de todos calhetenses e velenses.
  • A CDU/São Jorge apresenta candidaturas nas Velas e na Calheta

    IMG 1732
    A CDU fez hoje a entrega das listas ao município das Velas e da Calheta, contando com a presença dos primeiros candidatos à Assembleia Municipal das Velas e da Calheta e à Assembleia de Freguesia de Rosais, bem como os Mandatários Concelhios.
     
    Sendo o primeiro candidato à Assembleia Municipal das Velas, António Machado e Pedro Pessanha à Assembleia Municipal da Calheta, enquanto Alexandre Jorge encabeça a lista candidata à Assembleia de Freguesia de Rosais e José Guilherme Machado é o mandatário Concelhio do Município das Velas.
  • Um Triângulo com dois lados

    Nota de Imprensa

    TrianguloVisita as ilhas do Triângulo! este é o anúncio das agências de viagem que muitas vezes de forma errada publicitam os Açores. Mal sabem eles que somos possuidores de um fenómeno único: o triângulo com dois lados. Assim mesmo: porque a ilha de São Jorge está a ser esquecida, colocada de lado e deixada no isolamento. São Jorge tem uma posição central na geografia, mas teve sempre uma posição periférica na História basta avaliar: os voos são cada vez menos acessíveis, e muitas vezes os primeiros a ser cancelados porque a pista não tem condições; outro aspeto é o das mercadorias, cujo transporte está cada vez mais irregular (e os jorgenses cada vez mais prejudicados). Observamos as outras ilhas e todos os dias vemos o crescimento das ilhas do Faial e do Pico, seja a nível de investimentos como nas acessibilidades. Em São Jorge, afinal, o que somos, o que podemos ser? Mudam os governos, mas a falta de investimento continua a ser notória, por exemplo quando constatamos que o nosso centro de saúde principal não tem equipamentos, não tem recursos humanos, e ainda bem há pouco tempo tinha um buraco a céu aberto para a rua.

  • Sobre o Centro de Saúde das Velas

    IMG 5613 1

    A atual situação calamitosa em que se encontra o edifício do Centro de Saúde das Velas, que se arrasta há mais de cinco anos, continua a ser uma imagem degradante da forma como o anterior Governo Regional tratou as infraestruturas de saúde no Concelho das Velas e da falta de respeito para como todos os utentes e funcionários deste Centro de Saúde.

  • Por um novo Centro de Saúde nas Velas

    IMG 5606 1

    Nota de imprensa

    A CDU foi a primeira força política a denunciar a insustentabilidade do atual edifício em que se encontra o Centro de Saúde das Velas, que tem sofrido diversas intervenções ao longo dos anos assente numa suposta renovação e melhoramento das instalações existentes, que reafirmamos ser não ser solução para os problemas na área da Saúde dos Velenses e para a ilha de São Jorge. A questão passa, fundamentalmente, pela vontade política, posto isto, é urgente que, face aos resultados das eleições de 25 de Outubro e à solução governativa encontrada, a população do concelho e da ilha seja esclarecida, sem subterfúgios, de qual é a posição dos seus deputados eleitos e respetivos partidos, para que não passa de mais um tema, meramente, eleitoral.

  • Sandra Pereira - Visita à ilha do Pico, São Jorge e São Miguel

    SMG

    A deputada do PCP ao Parlamento Europeu iniciou a sua visita à Região na ilha do Pico com uma reunião com a Associação Agrícola do Pico, acompanhada por diversos membros da lista que se candidata ao círculo eleitoral do Pico. Entre outros contatos com a população, a deputada encontrou as ex-trabalhadoras da COFACO, às quais garantiu que o PCP e a CDU estavam longe de desistir desta luta, dando a conhecer as atividades desenvolvidas no Parlamento Europeu para obter a intervenção da Comissão Europeia no assunto, de forma a apoiar os rendimentos destas trabalhadoras, facilitar os seus processos de transição e apoiar o seu regresso ao trabalho.

  • CDU entrega lista ao círculo eleitoral da ilha de São Jorge

    PESSANHAA CDU realizou hoje, dia 10 de setembro, a entrega da lista dos seus candidatos pelo círculo eleitoral da ilha de São Jorge às eleições para a Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, que se realizam no próximo dia 25 de outubro.

    Pretendendo representar amplos sectores da sociedade, a lista da CDU candidata à Ilha de São Jorge será encabeçada por Pedro Pessanha, de 51 anos, com a profissão de gestor, sendo acompanhada por António Machado, de 27 anos, trabalhador-estudante e Noélia Teixeira, de 45 anos, com a profissão de ajudante socio- familiar, entre alguns outros cidadãos.

  • Falta de Estratégia e de Água afetam os agricultores da ilha de São Jorge e do Pico

    800px Museu do Vinho do Pico curraletas de vinha 2 Lagido da Madalena Concelho da Madalena ilha do Pico Açores Portugal 1

    Nota de Imprensa

    A CDU/Açores esteve durante vários dias em visita à ilha de São Jorge e do Pico, em trabalho e consulta à população sobre as problemáticas destas ilhas. Diversos dos problemas levantados já foram denunciados anteriormente através iniciativas ou requerimentos apresentados na ALRAA. O grupo de trabalho que se deslocou a estas ilhas demonstrou a sua preocupação com a seca que as duas ilhas açorianas apresentam, constatando que muitos agricultores manifestaram uma enorme preocupação. Devido à falta de chuva, precisam de uma rápida e eficaz solução. Contudo, esta não é uma situação inédita, porque há anos este fenómeno tem regularmente vindo a assolar as duas ilhas.

  • PCP questiona GRA sobre problemas da Ilha de São Jorge

    sãojorge

     

  • Cátia Benedetti defende o direito à produção em São Jorge

    santa catarina A

    Cátia Benedetti, candidata da CDU ao Parlamento Europeu, visitou a ilha de São Jorge. As reuniões e encontros serviram para recolocar em cima da mesa a urgência de investir na produção regional e na ilha, apostando sobretudo no leite e nas pescas, bem como nas indústrias transformadoras.

    O direito à mobilidade foi também assunto recorrente, com a exigência dos jorgenses de mais e melhores transportes.

    Estes problemas são há muito levantados pela CDU, tanto na Região como na Europa, com a defesa  da Conserveira Santa Catarina e da produção de queijo, bem como do reforço dos transportes marítimos e aéreos.

     

     

  • PCP Açores denúncia Lixeira a céu aberto na freguesia dos Rosais

    LIXEIRA 1

    No passado dia 11 de Abril a CDU/São Jorge através da sua Representação na Assembleia Municipal das Velas denunciou a existência de uma Lixeira a céu aberto na Freguesia dos Rosais, na ilha de São Jorge, mais concretamente numa antiga saibreira entre o caminho para a Fajã de São  joão Dias e o Parque das 7 Fontes, dando entrada com um Requerimento neste Órgão Local visando apurar as responsabilidades.

    O PCP Açores também apresentou, no passado dia 12 de abril através da sua Representação Parlamentar na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, um Requerimento no mesmo sentido.

     

  • É possível romper com os constrangimentos ao crescimento dos Açores impostos por Bruxelas!

    FOTO M VIEGASA visita de Miguel Viegas ao Triângulo provou, mais uma vez, que só é possível outro futuro para a Região fora da política da União Europeia. Em particular, os constrangimentos à produção regional sentem-se ano após ano, sendo urgente eliminá-los para libertar os meios necessários ao investimento público e para permitir o crescimento económico e social.

    A visita do eurodeputado comunista serviu para demonstrar mais uma vez que as imposições da UE – seja pela dívida pública que afoga o crescimento, seja pelas regras do euro, desadequadas da realidade regional e nacional – não servem os interesses dos açorianos.

    No entanto, as reuniões e contactos que foram estabelecidos serviram também para demonstrar que outra política é possível – exigindo-se no imediato firmeza com Bruxelas, onde mais deputados do PCP podem fazer a diferença!

     

  • Ausência de estratégia do Governo Regional para São Jorge resulta na falta de investimento

    FOTO CDU S JORGEÉ urgente alterar a atitude do Governo Regional para com a ilha de São Jorge. A ausência de respostas às necessidades de quem vive na ilha - Saúde, Educação, Emprego - só poderá resultar na desertificação, demonstrando a falta de visão e de um planeamento integrado para S. Jorge.

    Pelo contrário, verifica-se que a opção do Governo Regional continua a ser a da propaganda, cortando fitas em inaugurações ou anunciando escassas verbas para algumas instituições. A visita à ilha tem de servir para ser um momento de levantamento de problemas e procura de soluções, ouvindo as críticas que a sociedade civil e política apresenta.

    Para a CDU/S. Jorge, a solução passará pelo investimento na melhoria dos serviços públicos, nomeadamente com a construção de um novo Centro de Saúde, pela manutenção da fábrica Santa Catarina como empresa pública regional - com um investimento que potencie a produção regional e o emprego na ilha -, ou ainda pela melhoria da oferta do transporte marítimo e aéreo.

  • PCP afirma que o setor conserveiro regional tem enorme potencial, que deve ser aproveitado

    IMG 2797Miguel Viegas, Eurodeputado do PCP, visitou a ilha de São Jorge, acompanhado do coordenador do PCP/Açores, Vítor Silva, e António Machado, eleito na Assembleia Municipal das Velas. A comitiva reuniu com a associação de pescadores e a fabrica de Santa Catarina.

    As conclusões da visita expressam bem a limitação que a política da União Europeia significa para os Açores, neste caso com a ameaça de destruição das pescas em São Jorge, com o favorecimento da grande pesca predatória (cerco) e o prejuízo para a pequena pesca artesanal (seletiva). Este problema relaciona-se também com o fornecimento de atum para as conserveiras regionais, incluindo a Santa Catarina. Exemplo disso é o esgotamento da cota do atum patudo em apenas um mês.

    Ficou ainda claro que a solução para a Fábrica Santa Catarina não passará pela sua privatização, que virá a destruí-la a curto prazo, mas sim o investimento na sua modernização. Muito pelo contrário, será a sua manutenção na esfera pública que permitirá a dinamização da fábrica e o contributo que esta pode dar para o crescimento económico regional.

     

     

  • PCP exige soluções para a Santa Catarina

     

    stacatarina

    O PCP entregou na Assembleia Regional um conjunto de questões ao Governo Regional, sobre o processo de privatização da Fábrica de Santa Catarina, de São Jorge.

    A falta de esclarecimentos sobre o futuro desta indústria e dos seus trabalhadores lança enormes preocupações, que crescem quando se conhecem as situações que resultaram da privatização de importantes indústrias transformadoras, levadas a cabo pelo Governo Regional, muito prejudiciais para os trabalhadores e para a indústria nos Açores.

    Esta fábrica é a principal empregadora na Ilha, com 139 funcionários, sendo a sua grande maioria do sexo feminino (120). Para o PCP, esta é uma indústria economicamente viável, que deve ser protegida. Assim, o PCP exige que o Governo Regional salvaguarde o interesse da fábrica, se necessário investindo nela.

     

  • CDU ao lado dos Velenses por outra política autárquica

    20251154 1594491887269723 1477993910 o.redimensionadoA CDU apresentou os seus candidatos às Velas, afirmando que é possível uma outra política autárquica, que combata realmente e com eficácia os problemas que se vivem um pouco por toda a região - o desemprego, a pobreza e mesmo a sustentabilidade futura.

    Nas suas intervenções, os primeiros candidatos à Câmara Municipal - António Salgado Almeida - e à Assembleia Municipal - António Machado - criticaram a forma como é exercido o poder local no concelho, salientando que são necessárias soluções que dêm resposta às situações mais graves e que permitam projetar um outro futuro para o concelho e para a ilha, dando espaço para a pluralidade de opiniões, sem medos, que permitam novas ideias e criar novas dinâmicas, com a participação de todos os Velenses.