• Coordenador do PCP/Açores reuniu com a administração de Santa Catarina

    sta catarina

    Atualmente o sector conserveiro açoriano é representado por 4 empresas: Cofaco Açores (São Miguel), Corretora (São Miguel) e Pescatum (Terceira), pertencentes à esfera privada, e pela Santa Catarina, empresa pública sediada em São Jorge. O PCP/ Açores sempre acompanhou com proximidade as decisões governativas e cada vez mais é justificável a nossa preocupação com a situação deste setor - em particular com a Fábrica de conservas Santa Catarina. Assim, no passado dia 24 de novembro, o coordenador do PCP Açores reuniu com a administração da Santa Catarina - Indústria Conserveira, S.A.

  • CDU Corvo defende que a prioridade é a fixação da população no Corvo. Mais habitação; Mais incentivos à natalidade

    corvo 2 1Os dados preliminares dos CENSOS 2021 vieram comprovar o que já se esperava: continuamos, enquanto ilha e região, a perder população. Um dos critérios de escolha do sítio para viver é o preço e a disponibilidade de habitação. Não é de agora que a pouca oferta de habitação e os preços inflacionados que daí resultam, deixa inacessível esta condição básica de vida para uma parte das famílias na nossa Ilha. Não é de agora que muitas famílias gastam uma parte substancial dos seus rendimentos na prestação da casa ou para a renda mensal da sua habitação.

  • CDU exige que terrenos da SINAGA beneficiem população

    Sinaga 2É tempo de defender a nossa memória e história, da qual a SINAGA faz parte. É tempo de exigir o direito público aos espaços que devem ser de todos, e não de interesses privados. É possível destinar os terrenos da SINAGA para usufruto das populações, nomeadamente para habitação acessível, um museu sobre a SINAGA, espaços de lazer e serviços essenciais à população.

    Dois factos graves levantam preocupações sobre as intenções do Governo Regional para os terrenos da SINAGA: a retirada das máquinas e equipamentos da fábrica, às escondidas da população e sem qualquer explicação; a declaração da intenção de vender os terrenos para “rendimento”, ou seja, para aumentar os lucros privados com os bens públicos e à custa das contas públicas. Trata-se de um duplo prejuízo: para a defesa das finanças e do património público; e para o interesse da população, que se vê afastada de mais espaços que lhes deviam ser destinados.

  • Sobre os resultados eleitorais

    194076195 3932642143480500 3228409028368440799 nDeclarações do Coordenador do PCP

    Começo por dirigir uma saudação às centenas de mulheres e homens que integraram as candidaturas da CDU nos Açores, colaborando e dinamizando uma intensa campanha de contacto e esclarecimento com os açorianos, ouvindo os seus problemas, escutando a sua vontade e levando as propostas e o projeto da CDU à maior parte das localidades da nossa Região.

    Independentemente dos resultados eleitorais em cada local, o esforço, a dedicação e o empenhamento e a coragem dos ativistas da CDU constituiu uma poderosa afirmação da força, presença, implantação e uma verdadeira ligação às diversas realidades locais, o que se traduz numa profunda ligação da CDU ao Povo açoriano.

    A CDU continuará a intervir para responder aos interesses e aspirações dos trabalhadores e do povo açoriano.

  • Os trabalhadores municipais têm de ser valorizados

    WhatsApp Image 2021 09 23 at 10.46.01São os trabalhadores municipais que mantêm o Concelho e a Câmara a funcionar. Por isso mesmo, é preciso que o município reconheça na prática o seu papel, o que implica valorizar os seus salários, dar-lhes melhores condições de trabalho e estabelecer contratos de trabalho permanentes. No entanto, o que frequentemente se verifica é o contrário. Em particular, agrava-se a precariedade, nomeadamente com o abuso dos programas ocupacionais e de contratos temporários, e os salários continuam salários baixos e injustos. A CDU recusa esta realidade e afirma que a alternativa existe e que pode ser concretizada, já no próximo dia 26 de setembro.

    Para a CDU, o pagamento do subsídio de penosidade e insalubridade não pode ser posto em causa pela existência de outros subsídios destinados a outros fins, como à compensação pelo trabalho noturno. É preciso assegurar este subsídio a todos os trabalhadores e lutar pelo aumento geral dos salários!

    O voto na CDU significa a defesa de melhores salários e a luta por melhores condições de vida. E isto já foi demonstrado quando, graças à ação persistente da CDU, se conseguiu criar a Remuneração Complementar (Subsídio de Insularidade) e o subsídio de penosidade e insalubridade que hoje os trabalhadores recebem.

    A CDU considera inaceitável a ameaça de privatização de serviços essenciais prestados pelos trabalhadores da Câmara. Significará três coisas:

    · maiores custos para a Câmara, aumentando os lucros das empresas que se têm habituado a viver à custa dos dinheiros públicos;

    · pior serviço prestado, como o demonstra a realidade dos serviços que são privatizados;

    · piores condições para os trabalhadores, nomeadamente no horário de trabalho e nos seus rendimentos.

    Os trabalhadores e os munícipes merecem uma outra política! Para a CDU, a Câmara Municipal tem de reconhecer a importância que os trabalhadores da autarquia têm para o Concelho de Ponta Delgada. Cabe à Câmara dar o exemplo, na construção de uma sociedade melhor, o que passa pela valorização dos seus trabalhadores!

  • É preciso definir coletivamente uma linha de desenvolvimento para a Cidade e para o Concelho de Ponta Delgada

    IMG 20210916 124726

    A CDU considera há muito que Ponta Delgada tem sofrido um desenvolvimento ao sabor dos ventos ou de interesses que não são o dos seus cidadãos e trabalhadores. Desordenada, desligada, incoerente, a política de urbanismo da Câmara tem gerado mais problemas aos cidadãos do que os que devia ter resolvido. E mesmo considerando que o movimento REUP se debruça sobre uma realidade onde este problema é mais agudo – a cidade de Ponta Delgada – não podemos deixar de afirmar que o mesmo se passa no resto do concelho e na articulação com os restantes concelhos da ilha.

    O que falta é uma estratégia de desenvolvimento, onde o urbanismo tem de ser uma peça fundamental para a qualidade de vida dos cidadãos e para as respostas sociais que urge encontrar. Em concreto, não haverá um projeto eficaz sem respostas no plano da habitação, da mobilidade, do ambiente, da água e saneamento, dos espaços de lazer, da nossa cultura e memória histórica. No fundo, é preciso trazer o urbanismo de Ponta Delgada para o século XXI, harmonizando a nossa identidade, as nossas necessidades presentes e o conhecimento científico e técnico. Para a CDU, não há dúvidas: as soluções têm de ter como prioridade quem cá vive e trabalha.

  • CDU apresenta os candidatos da CDU ao concelho da Praia da Vitória

    foto pv 1

    Senhoras e Senhores Jornalistas. Marcamos este encontro com a Comunicação Social para fazer a apresentação pública da candidatura da CDU aos órgãos autárquicos do concelho da Praia da Vitória.

    António Fonseca, com 59 anos, Dirigente Regional do PCP e responsável pela Organização do Partido na Terceira, é o primeiro candidato á Câmara Municipal da Praia da Vitória.

    Bruno Santos, com 41 anos, Dirigente do Secretariado de Ilha do PCP, com a categoria profissional de Operador de Hipermercado, é o primeiro candidato à Assembleia Municipal.

    A CDU concorre às assembleias de freguesia dos Biscoitos - o primeiro candidato é Rui Borges, de São Brás - a primeira candidata é Paula Cristina Ourique e a Assembleia de Freguesia de Santa Cruz da Praia da Vitoria, o primeiro candidato sou eu próprio Emanuel Mendonça.

  • Mais e melhores políticas de mobilidade e de sustentabilidade energética

    Paula e André

    A ilha do Faial é generosamente enriquecida por diversas áreas protegidas e classificadas que são fonte de biodiversidade e de vida. Como a história tem revelado, é pela preservação e valorização dos recursos autóctones que os municípios e as populações se devem projetar para o futuro, reforçando uma relação sustentável com o meio ambiente. Esta perspetiva é válida em várias valências do quotidiano das populações, procurando uma relação cada vez mais equilibrada com o meio envolvente.

    Para a CDU Faial, este é o caminho que deve ser seguido e é um compromisso para com as populações do nosso Concelho e da nossa Região.

  • A CDU entregou a lista dos seus candidatos à Assembleia Municipal de Santa Cruz das Flores

    IMG 5606 1A CDU é um espaço democrático, onde cabem todos os que aspiram a uma real mudança de políticas, os que se identificam com a causa pública e se colocam ao serviço dos interesses das populações. É também a força que, no poder local, demonstrou nos últimos 4 anos ser capaz de intervir em favor das populações, com trabalho, honestidade e competência, como o demonstram os debates na Assembleia Municipal sobre Plano e Orçamento e as propostas apresentadas seja na área social, com o apoio aos idosos ou aos jovens casais, seja na área da economia, com apoio ao sector produtivo e à agricultura.

    A CDU esteve sempre presente no combate às injustiças sociais, na defesa do Concelho de Santa Cruz das Flores e da própria ilha, não só denunciando o que estava mal, mas também apresentando propostas concretas para o bem-estar de quem vive no concelho e para o desenvolvimento do mesmo.

    A CDU apresenta esta candidatura com ambição e otimismo, com a certeza de que a população de Santa Cruz das Flores reconhece o trabalho realizado e sabe que pode contar com uma lista constituída por mulheres, homens e jovens combativos e aguerridos na defesa do concelho de Santa Cruz das Flores.

  • CDU apresenta candidatos ao concelho de Angra de Heroísmo

    ci foto 1

    Senhoras e Senhores Jornalistas, este encontro com a comunicação social, tem como principal objectivo, fazer a apresentação pública dos primeiros candidatos da nossa Coligação, no concelho de Angra do Heroísmo; o António Inocêncio, à Câmara Municipal e a Maria Gouveia à Assembleia Municipal, aos quais desejamos um bom trabalho e êxito nesta batalha, que em conjunto vamos travar. Candidatos que, estamos certos, vão contar com o apoio de muitos mais homens e mulheres do concelho da Angra do Heroísmo, que com o seu apoio e o seu voto, vão reforçar a CDU, o seu projecto alternativo e elevar a CDU para novos e mais elevados níveis de responsabilidade e intervenção, na gestão e definição da política municipal angrense.

    Esta candidatura à Câmara Municipal e à Assembleia Municipal de Angra do Heroísmo assume-se como voz indispensável na defesa dos interesses das populações, para dar corpo a causas e aspirações locais, assegurar uma presença crítica, exigente e construtiva para garantir uma gestão transparente e eficaz da autarquia angrense.

  • Sessão de apresentação dos candidatos da CDU/São Jorge às Autárquicas 2021

    IMG 1867
    A CDU/São Jorge realizou a apresentação pública, no passado Sábado dia 16 de Agosto, da lista de candidatos à Assembleia Municipal das Velas, Calheta e à Assembleia de Freguesia de Rosais, na casa do Povo da Urzelina.
    Contando com as intervenções do Mandatário José Guilherme Machado, dos primeiros candidatos à Assembleia Municipal da Calheta e Velas, Pedro Pessanha e António Machado, respetivamente e ainda do primeiro candidato à Assembleia de Freguesia de Rosais, Alexandre Jorge.
     
    A CDU apresentou os seus candidatos, afirmando que é possível uma outra política autárquica, que combata realmente e com eficácia os problemas que se vivem um pouco por toda a região - a Saúde, a Ação Social e mesmo a Sustentabilidade futura dos diversos setores fundamentais para a Ilha de São Jorge.
     
    Nas suas intervenções, os primeiros candidatos da CDU, Pedro Pessanha, António Machado e Alexandre Jorge - criticaram a forma como tem sido exercido o poder local nos Concelhos da Calheta e das Velas, salientando que são necessárias soluções que deem resposta às situações mais graves e que permitam projetar um outro futuro para o concelho e para a ilha, dando espaço para a pluralidade de opiniões, sem medos, que permitam novas ideias e criar novas dinâmicas com a participação de todos calhetenses e velenses.
  • CDU Faial lembra que falta de saneamento básico é “inconcebível”

    Horta 1O saneamento básico da ilha do Faial, particularmente na cidade da Horta é, como todos sabemos, uma questão muito antiga, mas nunca resolvida até ao momento. Quando se fala de saneamento básico, fala-se do abastecimento de água potável, desde a drenagem e tratamento das águas residuais e à remoção, tratamento e destino final dos resíduos.

    A CDU Faial lembra que, no bairro Mouzinho de Albuquerque, quando em 2014 se iniciaram as obras que previam a instalação das primeiras condutas de recolha de águas residuais da Cidade, foi prometido que este processo seria faseado. Uma promessa que vã, já que mais nenhum avanço houve.

  • A CDU entregou a sua lista à Câmara municipal da Povoação

    Vera CorreiaVera Correia, 31 anos, guia de turismo e membro do conselho nacional do PEV, Partido Ecologista os Verdes, é a primeira candidata da lista da CD à Câmara Municipal da Povoação.

    Como o demonstram os seus milhares de eleitos autárquicos no país, a CDU no poder local tem demonstrado uma intervenção decisiva em favor das populações, de acordo com o seu lema «Trabalho, honestidade e competência», onde cabem todos os que aspiram a uma real mudança de políticas, se identificam com a causa pública e se colocam ao serviço dos verdadeiros interesses das suas terras.

    Na Povoação, como no resto da Região, o futuro depende da afirmação de novas políticas, capazes de resolver problemas concretos e aproveitar as potencialidades existentes.

    Os últimos anos demonstraram que a alternativa não passa pelas políticas habituais.

    A CDU apresenta-se com provas dadas, em muitos municípios do País, de que é possível dar uma resposta diferente. Também na Povoação, a voz da CDU se fará ouvir, trazendo para o debate os problemas e os anseios mais sentidos pela população.

  • A CDU/São Jorge apresenta candidaturas nas Velas e na Calheta

    IMG 1732
    A CDU fez hoje a entrega das listas ao município das Velas e da Calheta, contando com a presença dos primeiros candidatos à Assembleia Municipal das Velas e da Calheta e à Assembleia de Freguesia de Rosais, bem como os Mandatários Concelhios.
     
    Sendo o primeiro candidato à Assembleia Municipal das Velas, António Machado e Pedro Pessanha à Assembleia Municipal da Calheta, enquanto Alexandre Jorge encabeça a lista candidata à Assembleia de Freguesia de Rosais e José Guilherme Machado é o mandatário Concelhio do Município das Velas.
  • A CDU entregou a sua lista à Câmara municipal da Vila Franca

    Nuno Mendonça e Costa CM Vila franca do CampoA candidatura da Coligação Democrática Unitária (CDU) às Eleições Autárquicas de 26 de setembro entregou a lista que irá concorrer em Vila Franca do Campo para a Câmara Municipal.

    A lista é encabeçada por Nuno Mendonça e Costa, sendo o segundo candidato Fernando Bulhões Gago da Câmara.

    “Trabalho, Honestidade e Competência”, o lema da CDU, exprimem bem o modo de se entender a política que faz do voto na Coligação um passo essencial na construção de um concelho melhor, onde a democracia participativa seja uma realidade.

    Sendo um espaço democrático, onde cabem todos os que aspiram a uma real mudança de políticas e se identificam com a causa pública, a CDU está, como sempre, aberta ao diálogo com a população, para definir as suas linhas de atuação no concelho, procurando ser a porta-voz das mais sentidas exigências de quem vive e trabalha em vila Franca do Campo.

    Por isso a CDU não pede somente o voto, mas sim a participação ativa dos vilafranquenses e a sua confiança.

  • CDU apresenta candidaturas na Madalena e nas Lajes do Pico

    Imagem 1 Entrega das Listas PicoA CDU entregou as listas dos seus candidatos à Câmara e à Assembleia Municipal das Lajes do Pico, e à Assembleia Municipal e Assembleia de Freguesia da Madalena.

    Nas Lajes do Pico, os primeiros candidatos são Lídio Rosa para a Câmara Municipal e Paulo Correia para a Assembleia Municipal.

    No concelho da Madalena o primeiro candidato à Assembleia Municipal é Ernesto Rodrigues, enquanto Manuel Lopes Gonçalves é a primeiro candidato à Assembleia de Freguesia.

    A CDU é um espaço democrático, onde cabem todos os que aspiram a uma real mudança de políticas, os que se identificam com a causa pública e se colocam ao serviço dos interesses dos Picoenses. É também a força que, no poder local, tem demonstrado ser capaz de intervir em favor das populações, com trabalho, honestidade e competência, como o demonstram os seus milhares de eleitos autárquicos no país.

  • A CDU apresenta listas à Câmara e à Assembleia Municipal do Nordeste

    CM Duarte MeloAM Daniel ValérioA CDU entregou no Tribunal as listas dos seus candidatos ao município do Nordeste. Os primeiros candidatos, ambos profundos conhecedores das realidades e dos problemas do concelho, aos órgãos concelhios são Duarte Melo para a Câmara Municipal e Daniel Valério para a Assembleia.

    Como o demonstram os seus milhares de eleitos autárquicos no país, a CDU no poder local tem demonstrado uma intervenção decisiva em favor das populações, de acordo com o seu lema «Trabalho, honestidade e competência».

    Também no Nordeste, a CDU é um espaço democrático, onde cabem todos os que aspiram a uma real mudança de políticas, os que se identificam com a causa pública e se colocam ao serviço dos verdadeiros interesses da terra.

  • A CDU entregou as listas dos seus candidatos à Câmara e à Assembleia Municipal de Vila do Porto

    CM vila do porto Dulce CorreiaAM Vila Porto Ana Loura“Trabalho, Honestidade e Competência” traduzem um percurso de intervenção reconhecido a quem é eleito(a) pela CDU – Coligação Democrática Unitária, composta pelo PCP (Partido Comunista Português) e pelo PEV (Partido Ecológico os Verdes). Estas três características corporizam uma forma de estar na política que torna a CDU uma força política distinta que aposta na vivência em comunidade, na partilha e na participação como indispensáveis à realização humana e à felicidade.

    Neste sentido, a CDU apresenta listas para a Câmara Municipal e para a Assembleia Municipal de Vila do Porto, pois também na Ilha de Santa Maria é importante revitalizar a democracia participativa e integrar a dinâmica do debate e da reivindicação dos direitos e deveres de todos(as) e de cada um(a). A construção de um futuro de confiança só é possível através da discussão de alternativas credíveis e sérias que defendam o interesse público.

  • Rui Teixeira encabeça a lista da CDU à Câmara Municipal de Ponta Delgada

    Rui TeixeiraA CDU fez hoje a entrega das listas ao município de Ponta Delgada, com a presença dos primeiros candidatos aos órgãos concelhios (Rui Teixeira para a Câmara Municipal e Catia Benedetti para a Assembleia), bem como o mandatário concelhio Aníbal Pires.

    O primeiro candidato à Câmara Municipal, Rui Teixeira, referiu que a CDU se apresenta a estas eleições com propostas e soluções que farão de Ponta Delgada um concelho melhor para trabalhar e viver. A CDU é a força que, no poder local, tem demonstrado ser capaz de intervir em favor das populações, com trabalho, honestidade e competência, como o demonstram os milhares de eleitos autárquicos da CDU no país.