• CDU Faial lembra que falta de saneamento básico é “inconcebível”

    Horta 1O saneamento básico da ilha do Faial, particularmente na cidade da Horta é, como todos sabemos, uma questão muito antiga, mas nunca resolvida até ao momento. Quando se fala de saneamento básico, fala-se do abastecimento de água potável, desde a drenagem e tratamento das águas residuais e à remoção, tratamento e destino final dos resíduos.

    A CDU Faial lembra que, no bairro Mouzinho de Albuquerque, quando em 2014 se iniciaram as obras que previam a instalação das primeiras condutas de recolha de águas residuais da Cidade, foi prometido que este processo seria faseado. Uma promessa que vã, já que mais nenhum avanço houve.

  • A CDU entregou a sua lista à Câmara municipal da Povoação

    Vera CorreiaVera Correia, 31 anos, guia de turismo e membro do conselho nacional do PEV, Partido Ecologista os Verdes, é a primeira candidata da lista da CD à Câmara Municipal da Povoação.

    Como o demonstram os seus milhares de eleitos autárquicos no país, a CDU no poder local tem demonstrado uma intervenção decisiva em favor das populações, de acordo com o seu lema «Trabalho, honestidade e competência», onde cabem todos os que aspiram a uma real mudança de políticas, se identificam com a causa pública e se colocam ao serviço dos verdadeiros interesses das suas terras.

    Na Povoação, como no resto da Região, o futuro depende da afirmação de novas políticas, capazes de resolver problemas concretos e aproveitar as potencialidades existentes.

    Os últimos anos demonstraram que a alternativa não passa pelas políticas habituais.

    A CDU apresenta-se com provas dadas, em muitos municípios do País, de que é possível dar uma resposta diferente. Também na Povoação, a voz da CDU se fará ouvir, trazendo para o debate os problemas e os anseios mais sentidos pela população.

  • A CDU/São Jorge apresenta candidaturas nas Velas e na Calheta

    IMG 1732
    A CDU fez hoje a entrega das listas ao município das Velas e da Calheta, contando com a presença dos primeiros candidatos à Assembleia Municipal das Velas e da Calheta e à Assembleia de Freguesia de Rosais, bem como os Mandatários Concelhios.
     
    Sendo o primeiro candidato à Assembleia Municipal das Velas, António Machado e Pedro Pessanha à Assembleia Municipal da Calheta, enquanto Alexandre Jorge encabeça a lista candidata à Assembleia de Freguesia de Rosais e José Guilherme Machado é o mandatário Concelhio do Município das Velas.
  • A CDU entregou a sua lista à Câmara municipal da Vila Franca

    Nuno Mendonça e Costa CM Vila franca do CampoA candidatura da Coligação Democrática Unitária (CDU) às Eleições Autárquicas de 26 de setembro entregou a lista que irá concorrer em Vila Franca do Campo para a Câmara Municipal.

    A lista é encabeçada por Nuno Mendonça e Costa, sendo o segundo candidato Fernando Bulhões Gago da Câmara.

    “Trabalho, Honestidade e Competência”, o lema da CDU, exprimem bem o modo de se entender a política que faz do voto na Coligação um passo essencial na construção de um concelho melhor, onde a democracia participativa seja uma realidade.

    Sendo um espaço democrático, onde cabem todos os que aspiram a uma real mudança de políticas e se identificam com a causa pública, a CDU está, como sempre, aberta ao diálogo com a população, para definir as suas linhas de atuação no concelho, procurando ser a porta-voz das mais sentidas exigências de quem vive e trabalha em vila Franca do Campo.

    Por isso a CDU não pede somente o voto, mas sim a participação ativa dos vilafranquenses e a sua confiança.

  • CDU apresenta candidaturas na Madalena e nas Lajes do Pico

    Imagem 1 Entrega das Listas PicoA CDU entregou as listas dos seus candidatos à Câmara e à Assembleia Municipal das Lajes do Pico, e à Assembleia Municipal e Assembleia de Freguesia da Madalena.

    Nas Lajes do Pico, os primeiros candidatos são Lídio Rosa para a Câmara Municipal e Paulo Correia para a Assembleia Municipal.

    No concelho da Madalena o primeiro candidato à Assembleia Municipal é Ernesto Rodrigues, enquanto Manuel Lopes Gonçalves é a primeiro candidato à Assembleia de Freguesia.

    A CDU é um espaço democrático, onde cabem todos os que aspiram a uma real mudança de políticas, os que se identificam com a causa pública e se colocam ao serviço dos interesses dos Picoenses. É também a força que, no poder local, tem demonstrado ser capaz de intervir em favor das populações, com trabalho, honestidade e competência, como o demonstram os seus milhares de eleitos autárquicos no país.

  • A CDU apresenta listas à Câmara e à Assembleia Municipal do Nordeste

    CM Duarte MeloAM Daniel ValérioA CDU entregou no Tribunal as listas dos seus candidatos ao município do Nordeste. Os primeiros candidatos, ambos profundos conhecedores das realidades e dos problemas do concelho, aos órgãos concelhios são Duarte Melo para a Câmara Municipal e Daniel Valério para a Assembleia.

    Como o demonstram os seus milhares de eleitos autárquicos no país, a CDU no poder local tem demonstrado uma intervenção decisiva em favor das populações, de acordo com o seu lema «Trabalho, honestidade e competência».

    Também no Nordeste, a CDU é um espaço democrático, onde cabem todos os que aspiram a uma real mudança de políticas, os que se identificam com a causa pública e se colocam ao serviço dos verdadeiros interesses da terra.

  • A CDU entregou as listas dos seus candidatos à Câmara e à Assembleia Municipal de Vila do Porto

    CM vila do porto Dulce CorreiaAM Vila Porto Ana Loura“Trabalho, Honestidade e Competência” traduzem um percurso de intervenção reconhecido a quem é eleito(a) pela CDU – Coligação Democrática Unitária, composta pelo PCP (Partido Comunista Português) e pelo PEV (Partido Ecológico os Verdes). Estas três características corporizam uma forma de estar na política que torna a CDU uma força política distinta que aposta na vivência em comunidade, na partilha e na participação como indispensáveis à realização humana e à felicidade.

    Neste sentido, a CDU apresenta listas para a Câmara Municipal e para a Assembleia Municipal de Vila do Porto, pois também na Ilha de Santa Maria é importante revitalizar a democracia participativa e integrar a dinâmica do debate e da reivindicação dos direitos e deveres de todos(as) e de cada um(a). A construção de um futuro de confiança só é possível através da discussão de alternativas credíveis e sérias que defendam o interesse público.

  • Apresentação das Listas da CDU à Câmara Municipal e Assembleia Municipal da Horta

    Entrega das Listas Horta 30 de julho 2

    A candidatura da Coligação Democrática Unitária (CDU) às Eleições Autárquicas de 26 de setembro entregou, esta sexta-feira, 30 de julho, as listas aos diversos órgãos aos quais concorre na ilha do Faial. Estiveram presentes a primeira candidata à Câmara Municipal da Horta, Paula Decq Mota, o primeiro candidato à Assembleia Municipal da Horta, André da Costa Goulart e, em representação dos candidatos às Assembleias de Freguesia, esteve Manuela Flores, cabeça de lista à freguesia das Angústias.

  • RIcardo Tavares encabeça a lista da CDU à Câmara Municipal da Lagoa

    ricardo tavares 1A CDU já procedeu à entrega das listas dos seus candidatos ao município da Lagoa. Os primeiros candidatos aos órgãos concelhios são Ricardo Tavares para a Câmara Municipal da Lagoa e João Almeida para a Assembleia Municipal da Lagoa. Ambos são jovens – o primeiro nasceu em 1981 e o segundo em 1996.

    A CDU é a força que, no poder local, tem demonstrado ser capaz de intervir em favor das populações, com trabalho, honestidade e competência, como o demonstram os seus milhares de eleitos autárquicos no país. O reforço da CDU, com a eleição de vereadores e deputados municipais, num concelho como o da Lagoa, em que se assiste a um significativo aumento dos problemas ligados à desigualdade social, permitirá colocar no centro das atenções a necessidade de se alterem as políticas do costume.

  • Judite Barros encabeça a lista da CDU à Câmara Municipal da Ribeira Grande

    Entrega das listas Ribeira GrandeNo dia 29 de julho, os candidatos autárquicos aos órgãos da Ribeira Grande apresentaram a sua candidatura às eleições, no Tribunal da Ribeira Grande. Neste grupo, encontravam-se o 1º candidato à Assembleia Municipal da Ribeira Grande, João Subtil, reformado da Marinha; a 1ª candidata à Câmara Municipal da Ribeira Grande, Judite Barros, professora do ensino secundário e o 1º candidato à Assembleia de Freguesia da Matriz – Ribeira Grande, Óscar Ferreira, professor do ensino secundário.

    A CDU é uma força partidária diferente, onde não existem promessas e todos os compromissos assumidos são para respeitar. A sua presença, nos diferentes órgãos autárquicos, será a garantia da defesa dos interesses das populações das diferentes freguesias que constituem o Concelho da Ribeira Grande. Somos uma força plural e dialogante, senão não teríamos a Coligação Democrática Unitária (PCP+PEV), a mais antiga do país, onde conjugamos os interesses em defesa de um mundo melhor, mais equilibrado e sustentável.

     

  • Rui Teixeira encabeça a lista da CDU à Câmara Municipal de Ponta Delgada

    Rui TeixeiraA CDU fez hoje a entrega das listas ao município de Ponta Delgada, com a presença dos primeiros candidatos aos órgãos concelhios (Rui Teixeira para a Câmara Municipal e Catia Benedetti para a Assembleia), bem como o mandatário concelhio Aníbal Pires.

    O primeiro candidato à Câmara Municipal, Rui Teixeira, referiu que a CDU se apresenta a estas eleições com propostas e soluções que farão de Ponta Delgada um concelho melhor para trabalhar e viver. A CDU é a força que, no poder local, tem demonstrado ser capaz de intervir em favor das populações, com trabalho, honestidade e competência, como o demonstram os milhares de eleitos autárquicos da CDU no país.

  • CDU Faial não aceita soluções menores para o Aeroporto da Horta

    Aeroporto Horta 1A CDU Faial olha com enorme desconforto e preocupação para as notícias veiculadas na comunicação social, que dão conta da intenção da ANA Vinci assinalar as zona de segurança - Runway End Safety Areas (RESA) - na pista atual do Aeroporto da Horta.

     

    Esta notícia, no seguimento de declarações proferidas pelo representante da concessionária na 2.ª reunião do Grupo de Trabalho de estudo à Ampliação do Aeroporto da Horta, veio pôr a descoberto uma hipótese que a ANA VINCI nunca tinha apresentado publicamente. Ao afirmarem que não está afastada a possibilidade de reduzir as distâncias declaradas, ou seja diminuir a pista utilizável para aterragem e descolagem de aeronaves, mostram um total desinteresse e despreocupação para com uma infraestrutura pela qual são responsáveis. No fundo, para dar cumprimento às regulamentações europeias, querem arranjar uma estratégia de poupança para a multinacional, não se sabendo do impacto que uma medida destas terá nas ligações do Faial com o resto do arquipélago e do mundo.

  • Durval Mendonça encabeça lista da CDU à Câmara Municipal do Corvo

    Durval Mendonça 1A CDU apresentou hoje Durval Mendonça, como primeiro candidato à Câmara Municipal do Corvo. A lista à Assembleia Municipal é encabeçada por Gregory Domingos. Na conferência de imprensa realizada esta tarde no largo da rua do Porto da Casa, na Vila do Corvo, Durval Mendonça afirmou que esta candidatura vai dar um forte contributo para o debate de ideias e propostas para o futuro do Concelho e da Ilha, com a fundada expectativa de continuar essa intervenção enquanto eleitos dos Órgãos Autárquicos na Câmara, na Assembleia Municipal.

     

    Preparando-se assim para debater projetos e visões para o concelho, o candidato da CDU afirmou que os Corvinos não estão destinados às alternativas do costume, que revelam mais semelhanças que diferenças.

    O Corvo precisa de políticas de futuro, com uma visão a longo prazo para o que se deseja para a ilha e para quem cá vive. Não é a isso que temos assistido. As medidas vão sendo lançadas ao sabor das sucessivas eleições, deixando de lado aquelas mais estruturantes, que poderiam ter mais impacto na vida dos corvinos: políticas de verdadeira reabilitação urbana, executar obras que sirvam o corvo e os corvinos, de apoio à agricultura, à cultura, aos nossos jovens, aos nossos pescadores, como apareceu nalguns dos pontos referidos pelo candidato.

    A CDU no Corvo, de acordo com o seu lema, Devolver o Corvo aos Corvinos, quer promover uma política verdadeiramente participativa, que envolva todos os corvinos, mas também as suas associações.

    Gregory Domingos 1Na sua intervenção, Gregory Domingos, candidato à Assembleia Municipal, salientou as caraterísticas distintivas da CDU no Poder Local Democrático.

    A CDU está, como sempre esteve, aberta ao diálogo com a população corvina, e é junto dos munícipes deste Concelho que pretende definir as suas linhas de atuação no poder Local, para assim melhorar funcionamento e o desenvolvimento do Município para quem cá vive e nos visita.

    A CDU apresenta-se como um conjunto de pessoas com vontade própria e com o desejo de aderir à causa pública, sem interesses pessoais. Não irá pedir somente o voto, mas sim a das pessoas, por ser um espaço democrático, onde cabem todos os que aspiram e exigem uma real mudança de políticas, os que se identificam com a causa pública e se colocam ao serviço dos interesses dos Corvinos.

    21 de julho de 2021

    Gabinete de Imprensa CDU Açores

  • Paula Decq Mota encabeça lista da CDU à Câmara Municipal da Horta

    IMG 2930 1

    A CDU apresentou hoje Paula Decq Mota, como primeira candidata à Câmara Municipal da Horta. A lista à Assembleia Municipal é encabeçada por André da Costa Goulart. Na sessão pública, realizada esta tarde no Jardim Florêncio Terra, Paula Decq Mota afirmou que a CDU é uma força imprescindível e insubstituível no concelho, quer pela sua história, quer pelo trabalho realizado. Preparando-se assim para debater projetos e visões para o concelho, a candidata da CDU afirmou que os Faialenses não estão destinados às alternativas do costume, que revelam mais semelhanças que diferenças e exemplos não faltam, na região e no país. O concelho da Horta precisa de políticas de futuro, com uma visão a longo prazo para o que se deseja para o concelho e para quem cá vive.

  • Quem cresce quer casa. No Faial não pode

    Habitação Abandonada FaialOs jovens faialenses, principalmente aqueles que ingressam no mercado de trabalho, enfrentam sérias dificuldades na área da habitação. Sozinhos, ou mesmo em casal, é evidente a dificuldade na procura de casa para este início de vida. Os baixos salários e a crescente precariedade impedem que muitos dos nossos jovens consigam arrendar uma casa e muito menos pensar em comprar uma, passando muitas vezes a solução por viver com outros familiares.

    Esta situação traz muitas consequências negativas. E como poderemos falar em qualidade de vida quando o mês é passado a fazer contas para ver se o dinheiro dá para chegar até ao próximo, ou quando a disponibilidade para momentos de lazer com família e amigos é muito baixa? Muitos dos nossos jovens vivem um sentimento de frustração cada vez mais comum.

  • Um Triângulo com dois lados

    Nota de Imprensa

    TrianguloVisita as ilhas do Triângulo! este é o anúncio das agências de viagem que muitas vezes de forma errada publicitam os Açores. Mal sabem eles que somos possuidores de um fenómeno único: o triângulo com dois lados. Assim mesmo: porque a ilha de São Jorge está a ser esquecida, colocada de lado e deixada no isolamento. São Jorge tem uma posição central na geografia, mas teve sempre uma posição periférica na História basta avaliar: os voos são cada vez menos acessíveis, e muitas vezes os primeiros a ser cancelados porque a pista não tem condições; outro aspeto é o das mercadorias, cujo transporte está cada vez mais irregular (e os jorgenses cada vez mais prejudicados). Observamos as outras ilhas e todos os dias vemos o crescimento das ilhas do Faial e do Pico, seja a nível de investimentos como nas acessibilidades. Em São Jorge, afinal, o que somos, o que podemos ser? Mudam os governos, mas a falta de investimento continua a ser notória, por exemplo quando constatamos que o nosso centro de saúde principal não tem equipamentos, não tem recursos humanos, e ainda bem há pouco tempo tinha um buraco a céu aberto para a rua.

  • Sobre o Centro de Saúde das Velas

    IMG 5613 1

    A atual situação calamitosa em que se encontra o edifício do Centro de Saúde das Velas, que se arrasta há mais de cinco anos, continua a ser uma imagem degradante da forma como o anterior Governo Regional tratou as infraestruturas de saúde no Concelho das Velas e da falta de respeito para como todos os utentes e funcionários deste Centro de Saúde.

  • CDU defende prioridade ao investimento na rede de cuidados primários de saúde na ilha do Pico

    IMG 6478 1Nos contactos que a CDU mantém com a população do Pico, a questão da saúde nunca deixa de ser referida. Tanto o PS como PSD já fizeram muitas promessas (Centro de Saúde das Lajes do Pico, Centro de Saúde de São Roque do Pico, segunda viatura de suporte imediato de vida), mas não as mantiveram.

    A CDU afirma que os serviços de saúde de proximidade têm de ser protegidos e valorizados, pois são essenciais para assegurar a saúde das comunidades e contribuem para a fixação de população nas zonas mais periféricas, sendo uma necessidade ainda mais premente quando se constata o envelhecimento da população.

  • CDU reitera a sua preocupação com a falta de verbas para as obras de reabilitação da Unidade de Saúde da ilha do Corvo.

    corvo 2 1

    A CDU reafirma que o Plano e Orçamento da Região para 2021 continuam uma política fundamentalmente errada, que agrava os problemas dos açorianos. Embora tenha havido uma mudança das forças políticas do Governo Regional, Plano e Orçamento continuam a não dar respostas aos grandes problemas da nossa Região, que têm tendência a agravar-se.

  • CDU Faial conclui reuniões com todas as juntas de freguesia da ilha do Faial

    IMG 20210415 231831 1

    “Não é possível evoluir”, foi a afirmação mais utilizada entre as freguesias faialenses. Com o objetivo de aprofundar os problemas de cada uma das freguesias e compreender as dificuldades sentidas pelos seus autarcas, os ativistas da CDU Faial reuniram, ao longo de quatro meses, com todos os executivos das Juntas de Freguesia do Faial. Entre a primeira reunião, realizada a 21 de janeiro, com a Junta de Freguesia dos Cedros, e a última, na passada semana, com a Junta de Freguesia da Ribeirinha, conclui-se que o balanço deste trabalho foi muito além do inicialmente esperado.