Matadouro com avaria no frio há semanas

jpvcO matadouro das Flores tem uma avaria no seu sistema de frio há várias semanas, impedindo o abate de gado, com as perdas financeiras consequentes. Torna-se por isso urgente reparar a situação, cabendo ao Governo Regional essa responsabilidade. O deputado regional comunista, João Paulo Corvelo, questionou o Governo Regional sobre as medidas que este tenciona aplicar para resolver o problema e compensar os criadores de gado pelos prejuízos gerados.

Requerimento

 

A rede regional de abate é essencial para a obtenção de mais e melhores proveitos para os produtores de carne dos Açores. Só com os Matadouros da Região em pleno funcionamento e sem avarias podem os produtores açorianos obter mais rendimentos.

Acontece que na ilha das Flores, o Matadouro está com parte da sua rede de frio avariada há algumas semanas. Esta avaria tem feito com que gado de produtores florentinos esteja arrolado desde Maio para abate e ainda não tenha sido abatido. Desta forma os produtores florentinos de carne bovina estão impossibilitados de abater o seu gado para exportação em carcaça, o que tem levado a perdas financeiras da sua parte.

Sabendo-se do peso e importância que a agricultura tem na ilha das Flores, torna-se urgente que o Governo Regional intervenha numa solução célere para a presente avaria da rede de frio do Matadouro da ilha das Flores.

Assim, a Representação Parlamentar do PCP, ao abrigo das disposições regimentais aplicáveis, solicita com urgência ao Governo Regional as seguintes informações:

  • Tem o Governo Regional conhecimento que há semanas a rede de frio do Matadouro das Flores se encontra avariada?
  • Para quando tenciona o Governo Regional intervir com urgência para que este caso seja rapidamente solucionado?
  • Como pretende o Governo Regional ressarcir os agricultores florentinos pelas perdas financeiras entretanto sofridas?

Santa Cruz das Flores, 24 de Julho de 2017

O Deputado do PCP Açores

João Paulo Corvelo

Últimos Vídeos

Siga-nos no Facebook

Jornal «Avante!»

Boletim Informativo do PEV