São Miguel

  • Apresentação do programa eleitoral da CDU para Ponta Delgada na RTP/Açores

  • Responder aos problemas de Ponta Delgada

    pdlA CDU apresentou hoje o seu programa para as eleições autárquicas para o concelho de Ponta Delgada. Na iniciativa estiveram presentes Rui Teixeira e Aníbal Pires, que encabeçam as listas à Câmara e à Assembleia Municipal.
    Na apresentação do programa, Rui Teixeira afirmou que este é um programa que abrange os principais problemas vividos no concelho, mas sobretudo que aponta a direção para a sua resolução ao mesmo tempo que prepara o desenvolvimento futuro. Nesse sentido traz um novo equilíbrio às políticas autárquicas, a favor do interesse da maioria esmagadora dos cidadãos, que se vêm arredados das decisões políticas. Rui Teixeira defendeu que os candidatos da CDU já trouxeram a estas eleições maior democracia e maior participação, e com o seu programa eleitoral já marcaram o debate público, porque não é possível ignorar a justeza das suas propostas, muitas delas não abordadas por mais nenhuma candidatura.

     

    Leia aqui a nota de imprensa sobre o programa eleitoral

    Leia aqui o programa eleitoral

  • CDU apresenta Vera Correia à Povoação

  • Com a CDU, água mais barata

    IMG 2283A CDU considera que é possível tornar mais barata a fatura da água e aumentar os comportamentos ecológicos em Ponta Delgada, tendo aqui a câmara e as juntas do concelho um papel essencial. Do nosso programa eleitoral constará uma proposta que pretende melhorar os hábitos ambientais das famílias e empresas do concelho e reduzir a fatura da água, nas suas três componentes (água / saneamento / resíduos) para todas as famílias do concelho, e em particular para as de menores rendimentos. Assim conseguiremos melhorar a vida no concelho, aumentado os rendimentos disponíveis e ajudando dessa forma a economia do concelho e da ilha.
    A geografia da nossa ilha faz com que os custos de acesso, distribuição e tratamento da água sejam muito menores do que os da generalidade do país, mas isso não se verifica na sua fatura. Os custos das famílias com a água têm de fazer parte da política social da Câmara de Ponta Delgada! Consideramos que estas eleições são um momento importante para alterar essa realidade, sendo para isso fundamental o reforço da CDU, em votos e mandatos.

  • CDU quer o interesse dos cidadãos no centro da política autárquica

    IMG 2366A CDU entregou esta sexta-feira a sua candidatura à autarquia de Ponta Delgada. Rui Teixeira, primeiro candidato da CDU à Câmara do concelho, afirmou que irá contribuir de forma positiva para o debate democrático na campanha eleitoral, recusando que este se faça em torno de personalidades, já que se irá eleger não apenas o presidente da Câmara Municipal, mas sim mais de 30 elementos da Câmara e Assembleia Municipais, bem como de Juntas de Freguesia.
    Rui Teixeira afirmou que o papel da CDU nas autarquias é amplamente reconhecido, tornando realidade o que outros consideram impossível. Aos seus eleitos é reconhecido o trabalho, a honestidade e a competência, bem como a defesa de uma gestão participada, ouvindo sempre as populações nas grandes e pequenas questões.

     

  • Ponta Delgada precisa dos seus trabalhadores municipais

    Para a CDU, é justo que eles sejam valorizados, nos seus salários e direitos, e que tenham vínculos profissionais estáveis, não sujeitos à incerteza da precariedade. A realidade, no entanto, é outra. Os trabalhadores municipais não têm visto aumentar os salários nos últimos 8 anos, sendo hoje inferiores aos de há 10 anos atrás (sem contar com a subida do custo de vida!). Por outro lado, centenas de cidadãos desempregados asseguram hoje serviços permanentes essenciais da Câmara, nos programas ocupacionais. São cidadãos desempregados, que não têm qualquer direito, mas cujo trabalho faz falta aos munícipes.

    É por isso necessário que as Câmaras recebam as transferências do orçamento de estado que são necessárias, para as funções que atualmente desempenham. A CDU sublinhou que os serviços prestados pelas câmaras aumentaram, mas ao mesmo tempo as verbas que recebem do estado diminiuram consideravelmente. Daí as dificuldades das autarquias, que PS, PSD e CDS-PP escondem, já que é sua a responsabilidade desta situação.

     

  • É possível revitalizar o Centro Histórico!

    IMG 0193"Para a CDU, é fundamental que o Centro Histórico seja recuperado para as pessoas, a habitação apoiada e promovida e os edifícios mais antigos reabilitados. É preciso dar maior apoio ao comércio tradicional, com medidas de proteção e dinamização. Só assim teremos uma cidade realmente melhor e mais humana. Com a CDU, isso será realidade!"

    Ouça aqui a declaração de Rui Teixeira

  • Baixos rendimentos de pescadores e armadores açorianos são consequência das políticas do governo regional e da União Europeia

    pescadoresO PCP/Açores debruçou-se sobre o setor das pescas, com reuniões com associações e contactos com pescadores. Nas reuniões participaram Vitor Silva, coordenador regional do PCP/Açores, e Martinho Batista, do Comité Central e da Direção Regional do PCP/Açores.

    Dos problemas levantados sobressaem a falta de soberania para a pesca, com cotas estabelecidas pela União Europeia sem os devidos estudos científicos, e o baixo preço de primeira venda, ficando a maior parte dos lucros com as grandes cadeias de distribuição, ao passo que os rendimentos pescadores são reduzidos. A falta de fiscalização sobre os barcos que pescam na nossa zona exclusiva é outro problema, sendo necessários mais recursos humanos para a Polícia Maritima exercer eficazmente o controlo sobre os nossos mares.

  • PCP/Açores reúne com associações agrícolas

    jovens agricNas jornadas de trabalho, o PCP reuniu com a direção da Unileite e com a Associação dos Jovens Agricultores Micaelenses. Nas reuniões participaram Vitor Silva, coordenador regional do PCP/Açores, e Martinho Batista, do Comité Central e da Direção Regional do PCP/Açores.

    A visita demonstrou mais uma vez que a cooperativa Unileite permitiu nos últimos anos limitar os efeitos da crise na agricultura, gerada pelo fim das cotas leiteiras. Se a quebra de rendimentos dos agricultores não foi mais acentuada, tal deveu-se à vantagem dos produtores se reunirem numa cooperativa que seja realmente sua e defenda os seus interesses. Também o associativismo do setor permitiu levantar os problemas sentidos e lutar para os corrigir. Apesar disso, a política europeia, o aumento dos custos de produção, ou a opção de limitar a diversificação agrícola (de que a nuvem que paira pela SINAGA há largos anos é exemplo) ameaçam o setor agrícola, havendo uma constante perda de rendimentos, e mesmo exemplos de explorações onde os rendimentos já são inferiores às despesas.

  • É preciso dar condições à região para produzir!

    capaRealizaram-se entre os dias 12 e 14 de Junho Jornadas de Trabalho do PCP em São Miguel, com a participação do Coordenador Regional do PCP Açores Vítor Silva. As Jornadas incidiram fundamentalmente sobre o sector do Mar e Pescas e da Agricultura, com visitas e encontros com instituições representativas destes sectores e contactos com trabalhadores e a população.

    Dos diversos encontros, o que novamente se salienta é a necessidade de proteger os setores produtivos açorianos, nomeadamente as pescas e a agricultura. Em particular, verifica-se ser urgente recuperar o direito a decidir sobre o nosso futuro, resgatando a soberania roubada pela União Europeia, reduzir os custos de produção, nomeadamente com energia, banca e seguros, e regular melhor as diferentes áreas de atividade ou fiscalizar de forma mais eficaz a pesca feita nos nossos mares.

  • CDU tem projeto alternativo para a Ribeira Grande

    SDC17842A CDU apresentou na 4ª feira os primeiros candidatos à Câmara Municipal e à Assembleia Municipal da Ribeira Grande - João Gomes e Judite Barros.  A apresentação contou com a presença de Vitor Silva, coordenador regional da CDU/Açores. Com uma intensa participação no concelho, a candidatura da CDU vem preencher um espaço democrático que mais nenhuma outra força política está em condições de ocupar. O levantamento de problemas no concelho é uma constante da CDU, muitos dos quais se resolvem após a sua denúncia pública.

    Na apresentação, João Gomes defendeu o potencial do concelho, que poderá ser mais desenvolvido com a CDU, e criticou o enorme volume de obras feitas com a aproximação das eleições. O candidato referiu que é possível um melhor desenvolvimento da Ribeira Grande, se pusermos as pessoas no centro da política.

  • CDU apresenta candidatura à Lagoa

    SDC17817A CDU apresentou na 3ª feira os primeiros candidatos à Câmara Municipal e à Assembleia Municipal da Lagoa - Ricardo Tavares e João Almeida. A apresentação contou com a presença de Vitor Silva, coordenador regional da CDU/Açores.

    Na apresentação, Ricardo Tavares defendeu que é preciso lutar por uma Lagoa mais desenvolvida, faltando investimento na maioria das freguesias do concelho. Afirmou ainda que é preciso que a Câmara lute por mais e melhores serviços públicos, nomeadamente a criação de um centro de saúde autónomo - já que se verifica a insuficiência do atual posto de saúde - e mais policiamento, com uma esquadra da PSP que dê resposta ao patrulhamento eficaz do concelho, com mais meios humanos.

    Vitor Silva afirmou que a participação da CDU nestas eleições contribui para maior democracia, por envolver mais pessoas no debate pelo futuro da Lagoa.

  • Os ideais da Revolução de Outubro estarão presentes no futuro da Humanidade

    martinho inaugNa inauguração da exposição sobre os 100 anos da Revolução de Outubro, Martinho Batista, do Comité Central do PCP, afirmou que devemos à União Soviética a criação de um novo estado, onde todos os meios estavam ao serviço do povo e da satisfação das necessidades do Homem.
    A natureza do novo poder ficou logo marcado pelo decreto sobre a Paz, que retirou a Rússia da I Guerra Mundial, e pelo decreto sobre a terra, que atribuiu a milhões de camponeses pobres a capacidade de produzirem e melhorar a sua vida, com o fruto do seu próprio trabalho.

     

  • Governo Regional insensível aos problemas dos pescadores da Lagoa

    pcp2 300Comunicado da Comissão Concelhia da Lagoa, aos profissionais da pesca do Porto dos Carneiros no Concelho da Lagoa:

    Em 16 de fevereiro último o PCP através da sua Representação Parlamentar na Assembleia Legislativa Regional, solicitou, em requerimento, ao Governo Regional as seguintes informações:

    ''Tem o Governo Regional conhecimento do atraso na atribuição de licença de palangre a várias embarcações, registadas no Porto dos Carneiros, no Concelho de Lagoa, na Ilha de São Miguel?''

    ''Que razões explicam esta demora, que penaliza gravemente esta comunidade, e em especial os pequenos armadores e as suas tripulações, que desta forma estão impedidos de exercer a sua actividade normal?''

    ''Quando prevê o Governo que estas licenças sejam formalmente atribuídas?''

  • Revolução de Outubro, acontecimento maior na História da Humanidade!

    centenarioSob o lema "Centenário da Revolução de Outubro - Socialismo exigência da actualidade e do futuro", irão decorrer  as comemorações da Revolução de Outubro de 1917.

    A inauguração das comemorações nos Açores inicia-se este sábado, em Ponta Delgada, com a exibição de uma Exposição de 15 painéis e de uma Banca de Livros relacionados directa ou indirectamente com a Revolução.

    Esta é a afirmação daquele que é o maior acontecimento do seculo XX, que empreendeu a tarefa de pôr fim a todas as formas de exploração e opressão social e nacional, abrindo caminho para a construção duma sociedade nunca antes conhecida pela humanidade.

    A inauguração da Exposição realiza-se no próximo sábado dia 6 de Maio pelas 17h00 no Centro Cívico e Cultural de Santa Clara em Ponta Delgada, sendo a intervenção de abertura feita por Martinho Baptista, membro do Comité Central e da Direcção Regional dos Açores do PCP.

    Veja aqui o vídeo do programa de comemoração do centenário da Revolução de Outubro

  • CDU é alternativa em Ponta Delgada

    cdu pdl 2017 1A CDU apresentou ontem Rui Teixeira como primeiro candidato à Câmara Municipal de Ponta Delgada. A lista à Assembleia Municipal é encabeçada por Aníbal Pires, antigo coordenador regional do PCP.
    Na apresentação pública, realizada ontem na freguesia de São Pedro, Rui Teixeira afirmou que a CDU está nestas eleições para debater projetos para o concelho, recusando vencedores antecipados. Recordando que se tratará da eleição de 9 membros de um executivo municipal, Rui Teixeira defendeu que a CDU está em plenas condições de assumir todas as responsabilidades que os ponta-delgadenses lhes quiserem atribuir.
    Preparando-se assim para debater projetos, o candidato da CDU afirmou que não aceita os elevados impostos e taxas do concelho, no IMI e na fatura da água, e que a sua redução seria uma medida de enorme alcance social, que daria mais rendimento para as famílias fazerem face ao elevado custo de vida.

    Leia aqui a intervenção de Rui Teixeira

    Leia aqui a intervenção de Vítor Silva

    Leia aqui a nota biográfica de Rui Teixeira

    Leia aqui a nota biográfica de Aníbal Pires

  • PCP defende recuperação da açucareira SINAGA

    JPCorvelo 18Abril 2 webO Deputado do PCP, João Paulo Corvelo, defendeu hoje na Assembleia Legislativa regional a necessidade de um plano de recuperação para a empresa pública açucareira SINAGA e denunciou que "para além de declarações dúbias e mal disfarçadas intenções de liquidação, o Governo Regional continua sem apresentar qualquer estratégia coerente para viabilizar esta empresa."

    João Paulo Corvelo sublinhou: "caso se extinguisse, estariam em causa mais de cem postos de trabalho, reduzindo ainda mais a nossa produção agrícola, acabando com a produção de beterraba de centenas de produtores. Reafirmamos: deixar morrer a SINAGA é um crime económico e social!"

  • Tertúlia de Os Verdes em Ponta Delgada

    Debate CRP PDL

  • Falta humildade democrática ao Governo Regional

    JPCorvelo 16Mar2 webNa sua intervenção, no encerramento do debate sobre o Plano e orçamento da região para 2017, o Deputado do PCP, João Paulo Corvelo, criticou a falta de humildade democrática do Governo Regional do PS e apontou a falta de soluções para os grandes problemas da Região. João Paulo Corvelo apontou ainda a falta de empenho na Coesão Regional e considerou que este Plano mantém a orientação para a centralização do desenvolvimento regional num único pólo, pelo que merecerá a oposição do PCP.

  • Propostas para um rumo alternativo para os Açores

    JPCorvelo13Mar webA Representação Parlamentar do PCP apresentou um conjunto de propostas de alteraçãoàs propostas de Plano e de Orçamento para o ano de 2017 que estarão esta semana em discussão no Parlamento Regional, demonstrando que outras opções são possíveis e que é necessário um novo rumo para a governação regional.
    As propostas que a Representação Parlamentar do PCP apresenta apontam para um desenvolvimento assente na coesão social e territorial e na justiça social, demonstrando que as desigualdades e as assimetrias, que hoje se cavam cada vez mais fundo, não são inevitáveis, são o resultado de opções políticas deliberadas.
    O PCP, tal como sempre afirmou, empenha-se seriamente na construção de soluções políticas que tenham em vista o desenvolvimento harmonioso da região e de todas as suas parcelas, ou seja, das nove ilhas do nosso Arquipélago. Pensamos que só uma estratégia de desenvolvimento baseada nesta premissa e com ideias inovadoras poderá garantir o desenvolvimento da nossa Região.

Últimos Vídeos

Siga-nos no Facebook

Jornal «Avante!»

Boletim Informativo do PEV