São Miguel

  • SMG

    A deputada do PCP ao Parlamento Europeu iniciou a sua visita à Região na ilha do Pico com uma reunião com a Associação Agrícola do Pico, acompanhada por diversos membros da lista que se candidata ao círculo eleitoral do Pico. Entre outros contatos com a população, a deputada encontrou as ex-trabalhadoras da COFACO, às quais garantiu que o PCP e a CDU estavam longe de desistir desta luta, dando a conhecer as atividades desenvolvidas no Parlamento Europeu para obter a intervenção da Comissão Europeia no assunto, de forma a apoiar os rendimentos destas trabalhadoras, facilitar os seus processos de transição e apoiar o seu regresso ao trabalho.

  • listas sm e comp

    A CDU realizou hoje, dia 9 de setembro, a entrega das listas dos seus candidatos pelo círculo eleitoral da ilha de São Miguel e pelo círculo regional da Compensação às eleições para a Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores que se realizam no próximo dia 25 de outubro.

  • rui

    No dia 24 de agosto, com a presença do Coordenador Regional do PCP Marco Varela, primeiro candidato da CDU pelo Círculo de Compensação, teve lugar a apresentação dos primeiros candidatos da coligação pela ilha de São Miguel às próximas eleições regionais.

  • covid19

  • rppcp

    A Representação Parlamentar do PCP/Açores voltou a apresentar um projeto que visa a construção de uma nova Escola Básica e Secundária para o concelho da Povoação, Ilha de São Miguel.

    Esta é uma questão que se tem arrastado ao longo dos últimos anos, não obstante a constante intervenção do PCP na ALRAA.

    O Governo Regional, por seu lado, continua a chumbar qualquer iniciativa que dê resposta às ambições e necessidades dos povoacenses, sobretudo da sua comunidade escolar.

  • IMG 2567No dia 23 de Novembro de 2019 o Governo Regional, através da Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo, apresentou um projeto que visa uma suposta requalificação do Miradouro da Lagoa do Fogo, sito na Ilha de São Miguel.

    Tal projeto foi alvo de várias contestações por parte de diversas pessoas e organizações locais e regionais ligadas à questão do Ambiente. Para além de o GR só ter pedido o parecer destas apenas dois dias antes da apresentação oficial do projeto em questão, há aspetos que suscitam algumas preocupações.  Não foi por exemplo acautelada  a utilização exclusiva de materiais endógenos que se impõe nesta área, nem foram aparentemente estudadas as necessárias medidas de controlo do número de visitantes num local tão sensível como este.  

    O PCP, através da sua Representação Parlamentar na Assembleia Regional, apresentou hoje um requerimento no qual são levantadas algumas destas questões, pedindo um cabal esclarecimento por parte do Executivo Regional, bem como o projeto e o estudo de impacto ambiental realizados.

  • IMG 20190928 103240

    O primeiro candidato da CDU pelo círculo eleitoral dos Açores às eleições legislativas de 2019, António Salgado Almeida, no decorrer da sua visita a São Miguel, continuou os contatos com a população. Deslocou-se pela manhã ao Mercado da Graça, em Ponta Delgada, dando a conhecer às pessoas que com ele conversaram as propostas da CDU, especialmente as focadas na necessidade de valorizar a produção local.

    Esta iniciativa contou também com a presença de Rui Teixeira, igualmente candidato e Marco Varela, Coordenador Regional do PCP/Açores.

  • IMG 20190809 165848

    Uma delegação do PCP integrada por António Filipe (vice-presidente do Grupo Parlamentar do PCP na Assembleia da República), Marco varela (Coordenador do PCP Açores) e Cátia Benedetti (membro da DORA do PCP) realizaram reuniões de trabalho em Ponta Delgada no dia 9 de agosto com o Juiz Presidente da Comarca Judicial dos Açores, com o Comando Regional da PSP, com o Diretor do Estabelecimento Prisional de Ponta Delgada e com o Reitor da Universidade dos Açores.

    Nestas visitas, o PCP obteve informação de grande utilidade para o trabalho a realizar na Assembleia da República e na Região, e assumiu alguns compromissos para com as entidades contactadas.

  • IMG 2236

    A Representação Parlamentar do PCP realizou mais uma visita oficial às ilhas do Grupo Oriental. Como sempre, o PCP procurou aprofundar o seu conhecimento sobre os problemas sociais e reforçar a ligação às populações, através do contacto com os habitantes e com as suas instituições representativas. Estas visitas inserem-se na atividade normal da RPPCP, tendo sido pretendido também prestar contas às populações das ilhas visitadas sobre a atividade desenvolvida na ALRAA.

    A Representação Parlamentar do PCP ouviu as preocupações e os anseios das populações das ilhas de São Miguel e Santa Maria, tendo recolhido as suas opiniões e propostas e, como sempre, levará as questões das ilhas do Grupo Oriental ao Parlamento Regional, tentando contribuir para dar resposta e encontrar soluções para os problemas destas ilhas.

  • O eurodeputado do PCP, Miguel Viegas, denunciou os efeitos negativos da política europeia na Região, nomeadamente na destruição da agricultura e das pescas, mas também na destruição e privatização de serviços públicos.

    Na sequência das visitas e encontros realizados, Miguel Viegas comprometeu-se a levar, mais uma vez, os problemas sentidos na Região até ao Parlamento Europeu, propondo e reclamando as soluções necessárias. Na visita, ficou novamente claro que o objetivo da UE não é melhorar a qualidade de vida dos Açorianos, mas sim agravar a desigualdade da distribuição da riqueza gerada, concentrando-a nos donos das grandes empresass multinacionais e nos países mais ricos - que sempre beneficiaram com a política europeia desde a sua fundação.

    Esta UE, que já demonstrou não ser reformável, é a mesma que disfarça esta política com apoios que, muitas vezes, resultam apenas na destruição da nossa produção.

     

  • MViegas montagem webO PCP Açores irá realizar uma sessão pública no próximo dia 16 de Maio (4ª feira) às 18h00, no Bar-Restaurante M-Café, na Rua do Brum nº 31, no centro histórico de Ponta Delgada.

    Participam nesta sessão o deputado do PCP no Parlamento Europeu Miguel Viegas e o Coordenador Regional do PCP/Açores Vitor Silva.

    Em debate estará o próximo Quadro Financeiro Plurianual pós 2020 e os impactos que este terá na Economia Açoriana, o futuro do Euro e as propostas do PCP sobre os Açores no Parlamento Europeu. Em particular, serão abordadas as perspectivas do Orçamento Europeu para as Regiões Ultraperiféricas, as políticas de coesão, a politica agrícola comum e a politica comum de pescas, assim como as prioridades da Comissão Europeia para o próximo quadro 2021-20130 e os desequilíbrios económicos entre os países da UE.

    O PCP/Açores convida todos os que queiram estar presentes! Participa! É importante estarmos informados sobre as decisões que afetam o nosso presente e o nosso futuro! Esta será uma oportunidade para ser ouvido, e levar ao Parlamento Europeu a voz dos Açorianos e dos Micaelenses!

    Outro caminho é possível e urgente: Mais progresso, mais emprego, mais produção e justiça social.

  • pdlA CDU apresentou hoje o seu programa para as eleições autárquicas para o concelho de Ponta Delgada. Na iniciativa estiveram presentes Rui Teixeira e Aníbal Pires, que encabeçam as listas à Câmara e à Assembleia Municipal.
    Na apresentação do programa, Rui Teixeira afirmou que este é um programa que abrange os principais problemas vividos no concelho, mas sobretudo que aponta a direção para a sua resolução ao mesmo tempo que prepara o desenvolvimento futuro. Nesse sentido traz um novo equilíbrio às políticas autárquicas, a favor do interesse da maioria esmagadora dos cidadãos, que se vêm arredados das decisões políticas. Rui Teixeira defendeu que os candidatos da CDU já trouxeram a estas eleições maior democracia e maior participação, e com o seu programa eleitoral já marcaram o debate público, porque não é possível ignorar a justeza das suas propostas, muitas delas não abordadas por mais nenhuma candidatura.

     

    Leia aqui a nota de imprensa sobre o programa eleitoral

    Leia aqui o programa eleitoral

  • IMG 2283A CDU considera que é possível tornar mais barata a fatura da água e aumentar os comportamentos ecológicos em Ponta Delgada, tendo aqui a câmara e as juntas do concelho um papel essencial. Do nosso programa eleitoral constará uma proposta que pretende melhorar os hábitos ambientais das famílias e empresas do concelho e reduzir a fatura da água, nas suas três componentes (água / saneamento / resíduos) para todas as famílias do concelho, e em particular para as de menores rendimentos. Assim conseguiremos melhorar a vida no concelho, aumentado os rendimentos disponíveis e ajudando dessa forma a economia do concelho e da ilha.
    A geografia da nossa ilha faz com que os custos de acesso, distribuição e tratamento da água sejam muito menores do que os da generalidade do país, mas isso não se verifica na sua fatura. Os custos das famílias com a água têm de fazer parte da política social da Câmara de Ponta Delgada! Consideramos que estas eleições são um momento importante para alterar essa realidade, sendo para isso fundamental o reforço da CDU, em votos e mandatos.

  • IMG 2366A CDU entregou esta sexta-feira a sua candidatura à autarquia de Ponta Delgada. Rui Teixeira, primeiro candidato da CDU à Câmara do concelho, afirmou que irá contribuir de forma positiva para o debate democrático na campanha eleitoral, recusando que este se faça em torno de personalidades, já que se irá eleger não apenas o presidente da Câmara Municipal, mas sim mais de 30 elementos da Câmara e Assembleia Municipais, bem como de Juntas de Freguesia.
    Rui Teixeira afirmou que o papel da CDU nas autarquias é amplamente reconhecido, tornando realidade o que outros consideram impossível. Aos seus eleitos é reconhecido o trabalho, a honestidade e a competência, bem como a defesa de uma gestão participada, ouvindo sempre as populações nas grandes e pequenas questões.

     

  • Para a CDU, é justo que eles sejam valorizados, nos seus salários e direitos, e que tenham vínculos profissionais estáveis, não sujeitos à incerteza da precariedade. A realidade, no entanto, é outra. Os trabalhadores municipais não têm visto aumentar os salários nos últimos 8 anos, sendo hoje inferiores aos de há 10 anos atrás (sem contar com a subida do custo de vida!). Por outro lado, centenas de cidadãos desempregados asseguram hoje serviços permanentes essenciais da Câmara, nos programas ocupacionais. São cidadãos desempregados, que não têm qualquer direito, mas cujo trabalho faz falta aos munícipes.

    É por isso necessário que as Câmaras recebam as transferências do orçamento de estado que são necessárias, para as funções que atualmente desempenham. A CDU sublinhou que os serviços prestados pelas câmaras aumentaram, mas ao mesmo tempo as verbas que recebem do estado diminiuram consideravelmente. Daí as dificuldades das autarquias, que PS, PSD e CDS-PP escondem, já que é sua a responsabilidade desta situação.

     

  • IMG 0193"Para a CDU, é fundamental que o Centro Histórico seja recuperado para as pessoas, a habitação apoiada e promovida e os edifícios mais antigos reabilitados. É preciso dar maior apoio ao comércio tradicional, com medidas de proteção e dinamização. Só assim teremos uma cidade realmente melhor e mais humana. Com a CDU, isso será realidade!"

    Ouça aqui a declaração de Rui Teixeira

  • pescadoresO PCP/Açores debruçou-se sobre o setor das pescas, com reuniões com associações e contactos com pescadores. Nas reuniões participaram Vitor Silva, coordenador regional do PCP/Açores, e Martinho Batista, do Comité Central e da Direção Regional do PCP/Açores.

    Dos problemas levantados sobressaem a falta de soberania para a pesca, com cotas estabelecidas pela União Europeia sem os devidos estudos científicos, e o baixo preço de primeira venda, ficando a maior parte dos lucros com as grandes cadeias de distribuição, ao passo que os rendimentos pescadores são reduzidos. A falta de fiscalização sobre os barcos que pescam na nossa zona exclusiva é outro problema, sendo necessários mais recursos humanos para a Polícia Maritima exercer eficazmente o controlo sobre os nossos mares.

  • jovens agricNas jornadas de trabalho, o PCP reuniu com a direção da Unileite e com a Associação dos Jovens Agricultores Micaelenses. Nas reuniões participaram Vitor Silva, coordenador regional do PCP/Açores, e Martinho Batista, do Comité Central e da Direção Regional do PCP/Açores.

    A visita demonstrou mais uma vez que a cooperativa Unileite permitiu nos últimos anos limitar os efeitos da crise na agricultura, gerada pelo fim das cotas leiteiras. Se a quebra de rendimentos dos agricultores não foi mais acentuada, tal deveu-se à vantagem dos produtores se reunirem numa cooperativa que seja realmente sua e defenda os seus interesses. Também o associativismo do setor permitiu levantar os problemas sentidos e lutar para os corrigir. Apesar disso, a política europeia, o aumento dos custos de produção, ou a opção de limitar a diversificação agrícola (de que a nuvem que paira pela SINAGA há largos anos é exemplo) ameaçam o setor agrícola, havendo uma constante perda de rendimentos, e mesmo exemplos de explorações onde os rendimentos já são inferiores às despesas.