Presidenciais 2016

MAbrantes2"As eleições presidenciais devem dar sequência às portas abertas em 4 de outubro". Esta ideia defendida no último fim de semana nos Açores pelo candidato presidencial Edgar Silva, corresponde também à minha. Mas essa mesma ideia também poderia eventualmente ser defendida por outros candidatos que se apresentam à corrida como Sampaio da Nóvoa e Marisa Matias ou até, ainda que com sentidos diversos, por Paulo Morais, Maria de Belém, Henrique Neto ou Graça Castanho. Já não o será garantidamente por quem? Adivinhou caro leitor: por Marcelo R. de Sousa. E isto apesar dos laivos críticos e populistas por ele atirados de quando em vez ao (seu) governo de direita, enquanto cronista da estação televisiva fabricante da sua candidatura, ou atirados mais recentemente, já na sua condição de candidato à presidência da República, ao presidente cessante - Cavaco e Silva.

Últimos Vídeos

Siga-nos no Facebook

Jornal «Avante!»

Boletim Informativo do PEV